quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Adeus 2013, vem com tudo 2014!

Oi amores, como vocês estão?
Eu já de férias #obaaaaaa!!!! Graças a Deus poderei curtir meu maridinho, e fazer todas as coisas que tanto gostamos, mas que a rotina atribulada muitas vezes, não deixa.
2013 foi um ano muito intenso, aconteceram inúmeras coisas boas nas nossas vidas, e as ruins que foram poucas (ainda bem) ficaram lá atrás, esquecidas!


- A primeira e maior conquista foi o maridão ter sido aprovado no concurso público municipal, e ser convocado em março, bem no dia do aniversário dele, foi um presentão  e tanto!!!!

Agora ele tem estabilidade, trabalha num ambiente tranquilo e está muito feliz!!! Somos muito gratos a Deus por essa benção!!!





- Conseguimos terminar de mobiliar nossa casinha, agora temos tudo que precisamos, pra honra e glória de Jesus!!! Cada coisinha no seu lugar, e é aqui que encontramos paz, todos os dias no final da tarde, depois da exaustão do trabalho!





- Nos casamos #lagrimasnosolhos!!!!!

Foi a realização de um grande sonho, e tudo aconteceu de maneira inusitada, mágica e intensa!!!!
Somos muito agradecidos ao Darta, e ao programa dele, a todos os profissionais que abraçaram nosso sonho, e a Deus por nos permitir viver aquele 20 de outubro *_*
Tivemos o casamento dos nossos sonhos, e o melhor, tudo veio por providência divina, pois condições financeiras, não tínhamos nenhuma!!!





- Voltei a trabalhar!!! Não estava nos meus planos, mas estava nos planos de Deus, e Ele em sua misericórdia, preparou tudo, conforme as minhas necessidades e anseios!!!

Faço o que eu amo, num ambiente tranquilo, é super próximo do trabalho do marido, então vamos e voltamos juntos....não poderia ser melhor!!!Obrigada amiga Adriana pela indicação, e obrigada Senhor por sempre me surpreender!!!





Pro próximo ano teremos bençãos em dobro, porque Deus nunca nos desampara, Ele conhece os sonhos e os desejos dos nossos corações, e vai nos honrar!!!

Desejo amor, paz, saúde, dinheiro, felicidades, fé pra mim e pra todos que acompanham o blog!!!
Pretendo tirar do papel alguns sonhos, conseguir minha cirurgia, fazer minha habilitação, voltar a estudar (ainda não sei se uma pós graduação ou um curso novo), engordar minha poupança (a bancária mesmo vui gente, porque a poupança aqui, já tá beeem gorda, kkkkkkkkk)....enfim, Deus sabe de todos eles, e com a graça dEle conseguirei!!!



quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Pai recria com ajuda da filha, as fotos do casamento de sua falecida esposa

Uma história linda e emocionante, retratada em fotos perfeitas....peguem seus lencinhos, eu chorei demais, 'malditos ninjas supervelozes cortadores de cebola, hahahaha'!



Esse post é patrocinado pelos lencinhos de papel Kleemex. Mentcheeera, né não, pessegóide! Mas deveria, pois tia Pê gastou uma caixa inteira escrevendo.

Na cultura ocidental, o vínculo é altamente valorizado e não é por acaso que várias teorias se preocuparam com essa questão. Em contra partida, tenta-se esvaziar os sentimentos e sensações ligados à situações de despedidas e quebras de vínculos. Desde cedo ouvimos frases como: "Não chore!", "Vai passar!", "Bola pra frente!"... naquilo que parecem soluções superficiais para a dor de se perder alguém. Nem preciso dizer que tais medidas não são muito eficazes, né!? Por isso, espero que todos se inspirem com a história desse post.

Ben e Ali se casaram em 2009 e tinham acabado de comprar uma casa nova. Para terem um belo registro sobre as grandes mudanças que estavam acontecendo em suas vidas, eles decidiram tirar suas fotos de casamento naquela que seria a futura residência do casal apaixonado.
No entanto, como o destino é, infelizmente, uma das coisas mais incertas que existem, em 2011, Ali veio a falecer de câncer, deixando seu marido com a pequena filha do casal, Olivia.
Dois anos e meio mais tarde, no entanto, Ben e Olivia tiveram que se mudar para uma nova casa juntos. Como uma forma singela e emocionante de dizer adeus, a irmã de Ali, Melanie Tracy Pace, se juntou a eles para fazer uma sessão de fotos, reproduzindo com pai e filha, os registros feitos no dia do casamento.
As imagens resultantes - algumas das quais estão acompanhadas com as fotos originais de casamento - são uma despedida comovente para Ali e sua antiga casa.

Indagado sobre a sensação de ter feito algo do gênero, Ben disse:
"Muitas pessoas têm me perguntado o que eu senti ao fazer essa sessão de fotos. O que eu quero que elas saibam é que esta não é uma história sobre dor e perda. Sim, eu já passei por essas emoções e ainda passo, mas não é isso que eu quero que as pessoas vejam nestas fotos.Esta é uma história sobre o amor."

******* Pausa pra recompor a maquilági! *******


Antes de conferir a série (que, acredite em mim, é muito mais emocionante do que as palavras de Ben!), tia Pê gostaria de deixar um poemita do Drummond com vocês:

AUSÊNCIA

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.
Carlos Drummond de Andrade

 Agora sim, confira as fotos:

Tanto a fotografia da direita, 2009, quanto a da esquerda, de 2013, foram tiradas pela irmã de Ali, Melanie.

"As memórias de Ali não vivem naquela casa, elas vivem com a gente, nos nossos corações" escreveu Ben.

Olivia fazendo cachos iguais da sua mãe, no dia de seu casamento.




"Eu queria ser capaz de mostrar à Olivia o lugar onde sua mãe e eu começamos nossa vida juntos e sonhaávamos em criar os filhos", escreveu Ben.


Ben e Olivia, com o anjo de vidro que ela chama de "Mamãe".



Ben aprendeu a tocar a música “I Believe (When I Fall In Love With You It Will Be Forever)", do Steve Wonder - que foi a música de seu casamento com Ali - no ukulelê. Agora ele toca para a sua filha.

<3

domingo, 15 de dezembro de 2013

Calculadora de comidas para casamentos

Olá meninas e meninos, tudo bem com vocês?
O post de hoje vai ajudar muita gente (noivas e noivos) que me mandam váááários e-mails querendo ajuda para calcular a quantidade de comida para o casamento. Eu sei que não é tarefa das mais fáceis, e eu não tenho preguiça nenhuma de fazer isso, muito pelo contrário, tenho o maior prazer em responder os e-mails de vocês! Mas… Para simplificar os processos, pensei nesse post como uma forma de ajuda mais eficaz para quem ainda está na fase de pensar em quanta comida será servida aos convidados!
É um post do Casando Sem Grana, que entrou com certeza, pra nossa lista de postagens didáticas ;)
Vasculhei em algumas páginas pelo Santo Google e encontrei calculadoras de tudo o que a gente possa imaginar:

Calculadora 1: Salgadinhos, Docinhos, Bolo e Refrigerante

(Tem a opção de colocar se quer servir lanches)

  • Uso: Recepções rápidas, festas simples e Brunchs.
  • Obs: Não Inclui bebidas alcoólicas.
1

Calculadora 2: Churrasco

  • Uso: Almoços
  • Obs: É possível calcular a Cerveja, Refrigerante, Pães, Farofa Temperada, Guardanapos, Copos e até o Carvão.
8ca_divino_botequim-694071-501a89f662808

Calculadora 3: Espumantes ou Champagne

  • Uso: Casamento
  • Obs: É possível calcular a quantidade de garrafas a serem compradas da bebida.
espumante

Calculadora 4: Festa Junina

  • Uso: Casamento, Chá ou festa temática
  • Obs: É possível calcular todos os pratos juninos, doces, salgados e bebida.
festa-junina-decoracao-capa2825

Calculadora 5: Bolo do Casamento

  • Uso: Casamento
  • Obs: É possível calcular a quantidade de bolo relacionada ao número de pessoas.
bolo-pacoquinha-da-sodie-doces-1357914082400_956x500

Calculadora 6: Docinhos do Casamento

  • Uso: Casamento
  • Obs: É possível calcular a quantidade de doces finos para o casamento.
brigadeiros_gourmet_missapplesweets-e1366928782591

Calculadora 7: Feijoada

  • Uso: Almoço
  • Obs: É possível calcular a quantidade de carnes, feijão, acompanhamentos e até bebidas.
Doce-Delícia-Feijoada-Light
Ficou na dúvida? Ficou com medo?
Coloque sempre 10% a mais na conta, é sempre melhor sobrar do que faltar!

domingo, 8 de dezembro de 2013

Casório real: Danny e Carlos Eduardo

O depoimento que trago hoje é mais do que inspirador, é uma dose de encorajamento a todas as noivinhas que pensam em ter um 'casório feito á mão'...olhem que lindeza *_*

"Blog Casório feito à mão,
Acho que meu casamento é o nome do blog,rs... Porque realmente foi todo feito à mão...
Quando comecei amadurecer a ideia de casar com cerimônia e tudo, foi um processo muito difícil, pois quem esta nessa fase sabe o quão complicado é, se tratando da grana absurda que envolve o mundo casamenticio. Nós nunca quisemos um casamento cheio de pompas,luxuoso e com coisas da moda, nosso sonho era celebrar nossa união com muito AMOR, e com a grana curtissima decidi eu mesma fazer a decoração do meu casamento!!!
Partindo dai e da minha paixão por artesanato, comecei a pesquisar sites com DIY, decoração de casamentos, o que eu queria que tivesse na minha decoração... Inventei que queria e não poderia faltar os sousplat, já que seria simples o cardápio mais teria almoço, encasquetei com a ideia e fui atras, vi vários sousplat que poderia fazer, entre eles me encantei com os de crochê, só não tinha parado pra pensar que deveria fazer 100 (acabei fazendo 120 pois 20 estragaram na hora de endurecer), e coloquei a mão na massa. Indo dormir 4 horas da manhã quase todos os dias, para conseguir fazer todos,e o resto das coisas da decoração, porta guardanapos, meu buquê,porta alianças, cabide pro vestido, lágrimas de alegria, livro de assinaturas, nossos convites, as garrafas revestidas com barbante,letras 3D,pintar os porta retratos, caixinha pra cerimônia das areias, os vasinhos de canela foram feitos pela minha sogra e pelo meu (na época) noivo,  a cortina de tsurus ganhei das fofas das minhas madrinhas que viraram a madrugada fazendo, e o bolo ganhei da minha querida prima e madrinha ...






O dia escolhido foi 28/07/2013 um domingo a tarde numa chácara, na semana que antecedeu foi a semana mais congelante que tivemos em SP, só ouvia dos convidados que eles teriam que levar cobertas pro casamento. Mas Deus é MARAVILHOSO comigo, sabia que meu sonho era a cerimônia ao ar livre e reservou um lindo dia de sol !!!
Comecei a decoração no sábado à noite, com a ajuda da minha família, noivo e alguns amigos, dormi na chácara pois o dia seguinte prometia! No domingo acordei cedo, nem consegui tomar café, já fui direto terminar a decoração. Os fotógrafos chegaram para fazer o making of eu ainda estava arrumando as coisas, a maquiadora correndo atrás de mim para me arrumar! Fui começar a me arrumar 11 horas, fazer as unhas, make e cabelo... Não tinha parado ainda pra respirar e pensar "Enfim chegou o grande dia!" , depois de pronta ainda arrumei o cabelo da minha mãe, e estava sentada no quarto esperando o começo da cerimônia, ai sim a ficha foi caindo, começou... fui até a porta da casa e só ouvia as lindas músicas escolhidas com tanto carinho e em cada música o coração disparava!!






Esses sousplat de crochê são perfeitos *_* (ps: pra quem não tem o dom de fazer como a Danny, é só encomendar na parceira do blog a Coisitas de Crochê).



Começou a música da minha entrada, descendo as escadas e entrando não vi mais ninguém, só meu futuro marido chorando de emoção me esperando, foi um momento indescritível! Tudo pra chegar nesse momento vale a pena, todo estresse, todo choro, todo medo, todo cansaço.
Foi uma cerimônia linda, emocionante e um dia inesquecível feito à mão!"



É ou não é de se emocionar???
O casamento da Danny serviu de inspiração para o meu, e tenho certeza absoluta de que servirá para vários outros!
É como sempre digo: o mais importante num casamento não é a quantia de dinheiro que se gasta, mas sim o AMOR que existe entre o casal, e que move céus e terras para fazer esse dia especial acontecer!
Felicidades, e muito obrigada Danny e 

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Fofuras de crochê

Olá amoras, como vocês estão?
Eu passei um tempinho longe do blog e da fanpage, mas é porque muitas coisas aconteceram nesse meio tempo, eu voltei a trabalhar fora (graças a Deus, e tô amando), e meu notebook pifou...
Enfim, ficou impossível continuar os post, com a frequência que eu gostaria, e alimentar a fanpage, pois só acessava pelo celular, e vamos combinar de que fazer qualquer coisa na internet pelo celular é um parto né!?

Mas...o assunto do post é outro, hoje vim falar sobre uma coisa que me encanta e que fazem meus olhos brilharem: o crochê *_*
Quem aí nunca teve uma toalhinha, ou nunca viu a mãe, a tia, ou a vózinha fazendo maravilhas com essa técnica?
Eu acho uma fofura, infelizmente não sei fazer, mas sempre que posso compro algum detalhezinho fofo de crochê pra minha casinha!

E vim dar uma dica preciosa de fornecedor dessas fofuras, que é a Coisitas de Crochê, da querida noivinha Dani Miranda.
Os produtos da empresa, são feitos pelas mãos habilidosas da mãe da Dani, a Dona Marcia Miranda, e elas são as mais novas parceiras do CFM!


No meu casamento tive vários itens feitos à mão, e os centrinhos das mesas, foram de crochê, feitos pela Coisitas de Crochê!!!Todo mundo achou lindo!!!
Elas fazem várias fofuras, basta que você entre em contato, explique o que quer, as cores e detalhes e prontinho!
Seguem algumas fotos dos produtos que elas já despacharam pelo país:






E aqui, algumas inspirações que peguei da internet, que podem ser suas, é só encomendar!








Tudo lindo né?
Para encomendas e orçamentos, é só mandar um emaildanizinhamiranda@hotmail.com

ou entrar em contato através do perfil pessoal dela do facebook:

https://www.facebook.com/danizinha.miranda.3

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Casei: o que deu certo e o que não deu certo!

Oi amores, hoje vim falar de um assunto bem importante, e que a maioria das pessoas não fala depois do casamento: o que deu certo x e o que não deu certo!!!
O sucesso de um evento como um casamento, depende de vários fatores, a maioria deles, nós conseguimos garantir contratando profissionais competentes e responsáveis naquilo que lhe foi designado, porém, a harmonia total da festa não depende somente deles...

O meu casamento foi perfeito, foi sim, não tenham dúvidas, mas....algum detalhe ou outro passa despercebido, e nem é questão de NÃO dar certo, mas de simplesmente não sair tudo exatamente como a gente gostaria que fosse.

O que deu certo:

- Deus nos presenteou com um dia lindo de sol! Perfeito, afinal de contas o meu grande sonho sempre foi casar ao ar livre, mas caso, isso não fosse possível o plano B estava alinhado;
- Fez muito calor, havíamos ganhado um carrinho de sorvete e 100 picolés então, caso o tempo não colaborasse, isso não seria muito bem vindo pelos convidados;
- A maioria dos convidados foram (convidei 84 e estiveram presente 66), e não tivemos nenhum penetra, e caso tivesse algum, seria barrado na entrada, pois tinha lista com os nomes de todos, e a cerimonial estava lá, recepcionando e conferindo um por um;
- Ganhamos muitos presentes, dentre eles uma geladeira e uma máquina de lavar, que era o que faltava para mobiliarmos nossa casinha :)
- Todo mundo comeu bem, bebeu bem, se divertiu, não teve nenhuma briga e/ou desentendimento;
- Eu e o noivo curtimos cada segundo, comemos muito pouco, mas em casa, saboreamos cada comidinha do casório, tranquilos, e estava tudo uma delícia!

O que deu errado:

- Como já falei não contratamos buffet, então fizemos em casa toda a comida do almoço, porém, por motivos que desconhecemos, uns 12lts de strogonoff azedou! Pois é, fizemos com todo cuidado do mundo, a geladeira do salão de festas lá de casa, ficou exclusiva para armazenarmos as comidas, que fizemos um dia antes, tudo muito bem embalado e refrigerado, mas no dia do casamento, quando fomos aquecer as comidas pra levar pro salão, tivemos essa triste surpresa! Enfim, graças a Deus tínhamos feito uma quantidade extra de strogonoff, e isso salvou nosso almoço de casamento...
- Uma das duas damas adultas 'desistiu' um dia antes do casamento, porque não encontrou um vestido compatível com a cerimônia. Eu pedi pra elas um vestido amarelo, uma delas encontrou, e a outra não, então ela resolveu desistir de ser minha dama.
- Um dos padrinhos, sumiu, uma semana antes do casamento, tentamos de todas as formas, entrar em contato com ele, mas enfim, o cara deve ter se mandado pra Marte, porque até hoje não deu sinal de vida, responsabilidade e consideração zero né!
- Dois padrinhos se atrasaram para a cerimônia, e eu pedi pra cerimonial substituí-los, porém um é o amigo de infância do noivo, e ele não concordou! Na verdade esse padrinho estava lá, mas como estava nos ajudando com os preparativos durante toda a manhã, esqueceu de levar seu traje de 'padrinho', e tivemos que aguardar a mãe dele chegar com a roupa, e ele se trocou praticamente no meio da rua...kkkkkk. o Outro padrinho foi substituído pelo tio do Abel;
- Fiz lista de presente, e em cada convite coloquei aleatoriamente uma opção da lista, porém tiveram pessoas que por conta própria mudaram o presente, e no fim das contas ganhei 3 itens iguais!!! Era apenas uma questão de me perguntar né, dizer que queria dar outro presente, mas enfim, não fizeram isso, e ganhamos coisas repetidas! Um item dei de presente pra minha mãe que fez aniversário dois dias antes do casamento, outro item o Abel vendeu lá no trabalho dele, e o terceiro, guardei, vai que uma hora ou outra tem serventia né!? (prefiro não dizer quais os itens, pra não expor as pessoas que nos deram).Poderíamos ir atrás das pessoas, pedir as notas fiscais e ir trocar? Sim, poderíamos, mas optamos por não ter essa 'dor de cabeça'.
- Uma criança quebrou um pratinho daqueles de dois andares, de porcelana, da mesa de doces! No final liguei pra doceira, ela já sabia do ocorrido, aí me informou o valor do mesmo, e os pais da criança pagaram. Rolou um estress antes, a mãe da criança achou o valor absurdo, e foi mau educada com a doceira, porém eu me impus diante da situação, o valor foi pago, eu pedi desculpas pra profissional, e ficou tudo certo.
- Faltou refrigerante na metade da festa! Fomos avisados de que tinham apenas 5 garrafas de refri no freezer, estava muito calor, e os convidados consumiram mais do que o esperado, em pouco tempo, então, eu havia levado um dinheiro, pra alguma emergência, e pedi pra dois amigos irem comprar pra nós...no fim sobrou um monte, e trouxemos pra casa.
- Convidados que levaram potes de plástico pra levar comida pra casa :s Gente, eu não vi, mas todo mundo comentou!!!! Eu sei quem foram as pessoas que fizeram isso, mas óbviamente, não citarei nomes...enfim, total falta de educação!!! Sobrou muita comida, e no final eu dividi com quem estava lá, claro, até porque não ia trazer tudo pra casa, pra estragar...mas gente, essas pessoas que levaram os potes nem esperaram terminar o almoço e já estavam lá enchendo suas sacolas!!! Pois é, inacreditável o nível de deselegância, mas fazer o que...aconteceu!!!

Bom, acho que é isso, que esses exemplos sirvam de alerta pra quem ainda não casou ;)

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Planejando meu casamento, como começar?

Oi meninas e meninos, esse post é o primeiro dos posts 'didáticos' que preparei pra vocês, então muita atenção e qualquer dúvida, é só me escrever ;)
Chegou o tão sonhado momento do casamento! Mas é exatamente agora que você não sabe nem por onde começar a planejar?!?! Calma! Não arranque seus cabelos ainda. Se você não faz nem ideia de por onde começar… Normal!!!
Você conversou com o seu noivo, com a sua família e enfim estão realmente decididos a organizar a cerimônia e/ou festa do casamento de vocês. É bem difícil, na prática, saber por onde começar…
Aqui nós vamos te dar todas as dicas que pudermos! Vamos facilitar tudo em 3 passos fáceis:

1. Que cara vai ter seu casamento?

Aqui as opções são infinitas… mas quase sempre o casal já imaginou algo relacionado ao formato… onde fazer, como fazer, se tem ou não cerimônia, se é festa de arromba ou algo mais íntimo… 

2. Quanto vocês podem gastar?


 Este quesito é essencial que seja analisado e revisado um zilhão de vezes à exaustão até que os noivos cheguem a um comum acordo e mergulhem na organização dos detalhes. Considerem que vocês não terão gastos apenas com a cerimônia e festa, mas tem também a lua de mel e moradia.
Veja quanto vocês terão para investir de hoje até a data do casamento. Lembrem-se também de conversar e deixar bem claro sobre quem dá quanto e quando. Por fim, vale considerar se vocês terão algum tipo de apoio financeiro vindo dos pais, familiares, amigos, etc. Com toda essa reflexão vocês devem chegar a um valor total a ser gasto. Com esse valor em mente vamos às…
Cotações: busquem orçamentos dos itens mais altos (foto, vídeo, local e buffet). Esses primeiros orçamentos podem ser sua referência inicial. Se baterem com o que vocês podem pagar de hoje até o casamento, sensacional! Se não, vocês devem ir adequando o valor total do orçamento de vocês dentro do que vocês podem pagar nesse período.
É agora que começa a luta de uma noiva sem grana. Geralmente ao fazer cotações, os noivos caem pra trás e muitas vezes até desistem de realizar o grande sonho do casamento com cerimônia e festa. Isso acontece por sempre buscarmos orçamento nos fornecedores que tradicionalmente encontramos por aí. Aqui no CFM tem um Guia de Fornecedores que pode te ajudar a descobrir um fornecedor fantástico! Lembre-se de encaixar o total do seu orçamento nos serviços e não encaixar os prestadores de serviço no seu orçamento (ah… é só R$ 1 mil a mais… e de mil em mil o orçamento vai estourando hehehehe).

3. Colocando a mão (de todo mundo) na massa!

Agora que vocês já sabem qual casamento é a cara de vocês, agora que vocês já sabem quanto podem gastar nessa empreitada… vocês já tem uma ideia do que poderá ser contratado (e pago) e o que vocês vão ter que viabilizar de alguma outra forma. Formas alternativas de viabilizar o que falta:
  • familiares ou amigos que prestem o serviço (ex.: tudo rs… foto, comida, doces…)
  • faça você (ex.: comida, doces, bolo, convites, lembrancinhas etc)
  • incluir o item na lista de presentes (ex.: lua de mel)
  • arrecadar (por meio de vaquinhas, rifas, pedágios, bingo…)
Aqui o importante é usar a criatividade, a amizade, os dons naturais de cada um e distribuir as tarefas e responsabilidades! Por mais sem grana que você seja, este quesito é fundamental em qualquer casamento: o amor. Não apenas do casal, mas de todos que estão ao nosso redor. Quanto mais gente ajudar, se responsabilizando por uma coisa e outra, a fim de tirar o peso das tarefas das costas dos noivos, mais gostoso fica. Todos se envolvem e se sentem parte deste momento tão importante. Para sempre todos vão lembrar que deixaram uma marca e o casório não só fica a cara dos noivos, mas rodeado de amor por todos aqueles que contribuíram com algo para que tudo desse certo!
Vambora?!?! 
Que comece a operação organização do casamento em 3, 2, 1, já!

sábado, 16 de novembro de 2013

Casei: a recepção - Parte 3

[ continuando...] Enfim, por volta das 17horas finalizamos os trabalhos por lá, entreguei o salão, alguns fornecedores foram buscar seus pertences, e seguimos pra casa...mas quem pensa que a festa terminou por aqui, está enganado!!!
Teve festa parte 2, pra estrearmos o mini salão de festas que fizemos no quintal de casa...

Mas antes os convidados que ficaram conosco até o final, fizeram cordão com latinhas de cerveja para pendurarmos nos carros...kkkkk





Esqueci de mostrar antes os nomes das solteiras na barra do vestido, olhem minha cara de cansaço, rs!

Ainda no salão, aguardando os fornecedores.

Chegando em casa.

Meu lar, olhem a bagunça que me aguardava :/ Em compensação em meio a bagunça, muitos presentes :)

Já despida de meus trajes de noiva!

O noivo, quer dizer, o marido, feliz da vida com nosso porquinho recheado :D

Estréia da nossa churrasqueira com os amigos :D

ENFIM OFICIALMENTE CASADOS! (E EXAUSTOS).

AMÉM!

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...